logosenecefinal

Manifesto em Defesa da Democracia e do SUS

 

 

O Sindicato dos Enfermeiros do Ceará (Senece), ao cumprir seu papel social e construtivo na sociedade, se junta a outras entidades representativas pela soberania popular na defesa da democracia e da ordem constitucional.

Considerando a gravidade do cenário político-social que o país enfrenta, especificamente, com a falta de governabilidade com a saúde brasileira, a categoria dos enfermeiros do Ceará manifesta seu posicionamento a favor das liberdades individuais e contra a retirada de direitos.

O Sistema Único de Saúde (SUS), palco de lutas e batalhas por direitos sociais, vem sendo golpeado por um modelo governamental que exclui, difere e suprime vidas e a própria democracia. Os enfermeiros, militantes do SUS, atuaram, massivamente, na democratização do país, com a queda da ditadura instaurada pelo golpe de 1964. Com a Constituição de 1988, avanços importantes resultaram na 8ª Conferência de Saúde de 88: um marco idealizador do SUS.

Na conjuntura atual, os enfermeiros entendem que o SUS corre risco. A saúde pública da população pede socorro. Neste viés, ingressamos ao movimento no combate à corrupção e à desigualdade social, diante da crise sanitária, política e econômica que passamos.

A pandemia da Covid-19 causou um alerta no mundo todo sobre a importância de uma política pública em saúde eficaz e inclusiva. No Brasil, já ultrapassamos a marca de 1milhão de pessoas infectadas com a doença. Entre os profissionais da saúde do Ceará, 10 mil foram contaminados e 23 perderam a vida para a pandemia.

Entendemos que é preciso reagir. O sindicato orienta aos enfermeiros que queiram se unir ao ato pela democracia que vistam jalecos e mantenham o distanciamento social, atendendo a todas recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

 ATO PELA DEMOCRACIA

 

Ato em Defesa da Vida, da Saúde, do SUS e da Democracia

 

Data: Domingo

Horário: 10 horas

Local: Aterrinho da Iracema

Próximo à Estátua de Iracema 

 

 

 

 

Últimas Notícias